Como escolher os brinquedos para o playground externo?

Crianças tem muita energia e não é atoa que estão o tempo todo atrás de brinquedos e brincadeiras! Se em casa elas adoram esse momento, na escola não é diferente.

Além de fazer parte do lazer, é nítida a importância das brincadeiras no aprendizado e no desenvolvimento cognitivo, motor e social da criança. Tornando essenciais as escolhas dos brinquedos usados em Playgrounds. Pensando em te ajudar na missão de montar um local divertido, seguro e educativo, separamos algumas dicas nesse post 🙂

Qual material escolher?

Em primeiro lugar, o parquinho em área externa é ideal para que as crianças se divirtam e gastem bem o seu tempo e energia. Porém, para construir um playground ao ar livre, é necessário prestar atenção a alguns detalhes. Em outras palavras, para garantir segurança e bem-estar para as crianças.

Madeira, plástico, ferro… as opções são muitas! Mas, por se tratar de uma área exposta a mudanças climáticas, a escolha do material, bem como a faixa etário dos alunos, é algo bem importante.

Brinquedos de plástico

Os brinquedos de plástico costumam ser bem ergonômicos, coloridos e lúdicos, assim, perfeito para as crianças brincarem. Além disso, apresenta menores riscos de acidente, visto que não tem farpas, lascas e não enferrujam. Por isso, no caso de uma área externa com cobertura, os brinquedos de plástico são os ideais, pois absorvem muito calor.

brinquedão

Brinquedão

Brinquedos de madeira

Já para as áreas que ficam totalmente ao ar livre, os brinquedos de madeira garantem segurança e resistência. Do mesmo modo que a madeira ajuda a melhorar a vida útil do parquinho, pode também ser um brinquedo que as crianças se “arriscam” mais e testam a coordenação motora.

patio externo

Parquinho com área verde e brinquedos de madeira

brinquedos de madeira

Playground com brinquedos de madeira

Brinquedos metálicos

Contudo, e embora seja o tipo de brinquedo mais resistente e duradouro, os brinquedos metálicos não são aconselháveis para o uso das crianças menores, costumam ser indicados para crianças a partir dos 10 anos, pois é um material que esquenta, pode ficar escorregadio quando molha e podem enferrujar.

Além disso, é importante ressaltar que brinquedos com esse material (principalmente quando localizados no litoral) precisa estar com a manutenção em dia, para evitar oxidações e danos que podem causar acidentes.

Segurança

Por isso, através do brincar, ela desenvolve elementos fundamentais na formação da personalidade. Visto que, experimenta situações, organiza suas emoções, processa informações e constrói autonomia. Por se tratar de um local para crianças, a segurança é um dos pontos mais importantes ao montar um playground.

Além de se atentar aos quesitos mais óbvios como material e faixa etária, a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) também possui alguns requisitos para ajudar a prevenir problemas. Alguns deles, são:

  • calcular a distância entre os brinquedos;
  • programar manutenção periódica;
  • estabelecer regras de uso;
  • cuidar do acabamento;
  • fazer vistoria dos equipamentos;
  • deixar um responsável supervisionando as atividades;
  • instalar o piso adequado.

Adotar medidas preventivas é essencial para evitar a ocorrência de acidentes causados por negligência na manutenção ou por outros motivos que podem responsabilizar a escola criminalmente.

Ademais, É fundamental que o playground seja atrativo para as crianças. Assim, as cores, o formato, a área livre e o que há em volta também precisam encantar os pequenos.

 

Os comentários estão fechados.