Pátio Escolar: soluções e dicas

Pátio Escolar: soluções e dicas

O pátio escolar sempre nos remete ás melhores recordações da escola, não é mesmo?

Por isso, neste post falaremos sobre alguns itens de um pátio escolar. Sem deixar de lado a segurança necessária para que não haja acidentes, é claro!

Algumas escolas não dispõem de um grande espaço. Por isso é preciso procurar soluções práticas e proveitosas para se fazer um pátio escolar. Em um dos nossos projetos, uma das ideias que tivemos foi o brinquedão. O brinquedão é uma ótima escolha já que desenvolve diversas atividades, como escorregar, escalar, subir.

Brinquedão

Hoje em dia os fabricantes fazem os brinquedos com vários formatos, então você pode montá-lo do modo que preferir (com escorregador menor ou maior, escalada, balanço e tantas outras opções). O importante é que a empresa esteja habilitada pela ABNT e siga as regras do inmetro.

Detalhes e altura

Um detalhe importante são os parafusos do brinquedo. Eles não podem estar aparentes: é necessário que eles sejam camuflados para evitar que as crianças não se machuquem, não se cortem e/ou não se arranhem.

Atente-se também a altura do brinquedo para a faixa etária correta. Se você, por exemplo, tem um berçário, não é recomendado um brinquedo com essa estrutura. As crianças além de não conseguirem usar  e brincar, correm um grande risco de caírem.

Brinquedão de madeira

Uma outra possibilidade de brinquedo para o pátio externo são os feitos de madeira (madeira de eucalipto ou de pinos, por exemplo). A recomendação é a mesma, é importante que a empresa que for fabrica-lá seja certificada e que faça de acordo com as normas. Isso é uma garantia para que não haja acidentes com farpas, por exemplo.

Piso

Quando se faz um projeto que usa um brinquedo desse porte, é importante pensar no tipo de piso que será utilizado. As crianças podem ter quedas que ultrapassam um metro de altura e caso isso aconteça, é importante que o piso amorteça.

Uma dica de piso que damos, é o piso ossinho. O piso ossinho tem basicamente dois tipos: um que pode ser colado no contra piso e outro que faz um assentamento no que chamamos de cama de areia.

Como aplicar?

Quando a escolha é colar o piso, é necessário alguns cuidados. O piso ossinho normalmente é colado com uma cola de contato. Se a base estiver úmida na hora da colocação, ele vai descolar com o tempo. É preciso que a empresa que vá fazer essa colocação traga um aparelho para medir a umidade, já que a olho nu ás vezes não conseguimos enxergar.

O outro tipo, assentado na cama de areia pode ser colocado em um lugar que não tenha contra piso ou laje, como por exemplo em em uma área que tem terra ou que seja jardinada.

É bom relembrar que esse tipo de piso apenas impede que a criança se machuque gravemente.

Quer saber mais sobre o projeto que fizemos de um pátio externo? Acesse nosso canal. Lá você encontrará mais vídeos sobre esse e outros projetos!

 

Ateliê Urbano
atelieurbano@atelieurbano.com.br

Unir criatividade, técnica e inovação em seus projetos é o sonho de todo arquiteto, e quando o Ateliê Urbano nasceu em 2003 era esse o nosso objetivo. Hoje nos sentimos realizadas em ver que nosso trabalho nos fez conseguir algo ainda maior do que o objetivo inicial. Hoje realizamos sonhos.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.