A escola pós pandemia – uma marca forte atrai clientes.

A escola pós pandemia – uma marca forte atrai clientes.

Sempre que passamos por um período de incertezas, a busca por elementos que nos deem segurança e que façam com que nos sintamos acolhidos é latente. Funciona assim com os produtos que compramos no mercado, com os locais que frequentamos e, porque não, com os espaços de educação. Uma marca forte atrai e fideliza clientes. E por isso, perguntamos a vocês gestores: como as pessoas perceberão a marca da sua escola após a pandemia?

Quando eu era criança, lá nos anos 80, me lembro claramente de ir ao supermercado e ver minha mãe circular rapidamente entre as gôndolas e pegar, sem dúvidas, os produtos que lhe interessavam. O sabão Omo, a pasta de dentes Colgate…não havia hesitação, eram as marcas fortes entrando no carrinho.

Hoje, cada vez que vamos às compras nos deparamos com novos produtos, rótulos chamativos, promoções tentadoras, promessas milagrosas. As opções se multiplicaram, assim como o nosso nível de exigência também. As marcas sabem disso e, por isso, criam produtos novos e atrativos o tempo todo.

Você sente que isso também acontece no mercado de educação? 

Certamente você viu novos concorrentes aparecerem, com uma fachada chamativa, um preço competitivo e “inovações” que atraem os pais. Porém, o mundo pós COVID pede segurança, acolhimento e solidez..  Já falamos neste post sobre o assunto. 

Instituições de ensino com anos de mercado, reconhecidas pelo seu nome e que já foram testadas e aprovadas por pais e alunos sairão na frente neste momento de retorno a escola após a pandemia. 

“Não estamos abertos a coisas novas — passamos de uma mentalidade de ganho para uma mentalidade de manutenção, o que é importante para muitas marcas perceberem”, afirmou Simon Moore, CEO da Innovation Bubble, empresa especializada em ciência comportamental.

O momento pede que a sua escola foque no fortalecimento da sua marca. Agora você deve adiar aquele novo curso extra que estava na manga, a implantação do projeto bilíngue ou a inauguração da escolinha de esportes. O foco é, assim, melhorar a experiência do seu cliente. 

Assim que sairmos de casa novamente, estaremos à procura do “Omo” e da “Colgate” em todos os atos de consumo  que tivermos. E o que isso significa? Não estaremos dispostos, portanto, a arriscar. Escolheremos a seriedade à banalidade, a garantia à dúvida e a proteção ao perigo.

E como agir para que a percepção de marca seja a melhor possível para a sua escola após a pandemia? Elenquei aqui alguns tópicos que podem te ajudar nesta jornada:

Fachada

A fachada é o cartão de visitas da sua escola. As instituições costumam ficar por muitos anos no mesmo local, dentro do mesmo bairro e o público se “acostuma” com a fachada.

Dar destaque à sua fachada fará com que muitos a percebam de forma diferente, lembrem-se da sua marca e divulguem.

Quando falamos de fachada falamos, principalmente, sobre:

  • comunicação visual: o seu logo tem que estar visível e bem localizado, as entradas e saídas tem que estar identificadas. Cuide para que as peças que compõem a identificação da sua escola estejam bem conservadas, com cores vivas e iluminadas.
  • iluminação adequada: a sua escola precisa ser vista tanto de dia quanto de noite, muitas vezes os gestores se esquecem que a escola deve representar vida durante 24 horas do dia. Cuide para que a iluminação saliente e evidencie as cores da sua fachada.
  • cuidado com a calçada e acessos: a calçada da escola deve sempre estar impecável, com acessibilidade garantida a todos, item, o qual, é exigido por lei, sem obstáculos, com piso antiderrapante.

A fachada precisa mostrar ao mundo a força e a solidez da sua escola. Aqui no nosso blog temos alguns artigos exclusivos sobre fachadas com muito mais informações e dicas. Confira e inicie o planejamento da sua escola pós pandemia.

Atendimento

Os pais estarão estressados por conta do isolamento, e ansiosos por terem uma boa experiência ao serem atendidos.

A linguagem objetiva e segura de seus funcionários e a comunicação assertiva serão pontos a serem explorados. Informações precisam ser passadas com rapidez e exatidão, assim, se salienta toda a experiência de uma escola que está há anos no mercado já passou por diversas crises. 

É importante acolher e acalmar a comunidade escolar, receber bem e mostrar empatia por todos os medos e dúvidas que virão, será fundamental. 

Pensando nestas questões, é, portanto, indispensável que a recepção da sua escola esteja preparada. 

É provável que haja um volume grande de pessoas que vá em busca de informação nos primeiros dias de funcionamento das escolas. Assim o número de assentos disponíveis para espera e o conforto oferecido por eles devem ser avaliados. 

Além disso, quem aguarda terá algum tipo de cuidado especial? Um monitor ou TV com um vídeo explicando quais as providências que a escola tomou para garantir a segurança de sua comunidade já causa uma excelente primeira impressão.

O seu logo está visível neste espaço? Sim, é importante que a sua marca apareça na recepção. Assim você reforça a conexão do cliente com a sua instituição.

E as cores se comunicam com a imagem que você deseja passar? Tranquilidade, acolhimento, limpeza, segurança, qualidades que a recepção deverá transmitir a seus visitantes. Portanto, isto precisa ser analisado e revisto, se necessário.

E como está a iluminação, ela atende bem a todos e cumpre o seu papel de deixar o ambiente mais agradável? Entrar num ambiente escuro e sem vida nos gera um certo incômodo e, muitas vezes, nem entendemos o porquê. A iluminação faz toda a diferença em qualquer espaço.

Finalmente, garanta que seus funcionários estejam protegidos e ofereça segurança a seus clientes, máscaras e dispensers de álcool gel serão itens indispensáveis nas escolas pós pandemia, pelo menos por algum tempo.

Higiene

Os espaços pós-pandemia deverão se impecavelmente limpos e higienizados.

Passamos por uma quarentena extensa, confinados em casa na maior parte do tempo, em um ambiente controlado em que sabíamos que tudo estava sendo cuidado e limpo com a frequência necessária.

Mas como fica tudo isto quando sairmos de casa? Pior, e como ficam nossos filhos na escola quanto voltarem às aulas? Esta será uma pergunta feita por praticamente todos os pais, e como a sua escola irá responder?

Quando o assunto for higiene, o grande desafio das escolas será deixar seus espaços semelhantes à casa do aluno (e não a um hospital), isto se aplica a todas as faixas etárias. A humanidade não pode desaparecer e ambientes assépticos não são receptivos. 

Aqui a criatividade deverá entrar em cena com toda a força: máscaras divertidas que incentivem seu uso, dispensers de álcool gel com mensagens de motivação na sua aplicação, competições para manter o espaço limpo, criação de uma campanha interna de bons hábitos…

Finalmente, é importante que a equipe esteja treinada para mostrar como funcionarão as novas regras no retorno à escola no fim da pandemia. Isso deve acontecer de que forma que cada um colabore e incentive a participação de todos.

Lembre-se que cada uma dessas ações deverá estar atrelada à marca da escola. Portanto, todos estes movimentos podem, e devem, ser personalizados para o seu público. Se inspire, mas não copie.

Uma dica final que quero deixar aqui é: não se preocupe com a sua concorrência.

Inspire seus colaboradores, esteja na frente nas ações necessárias, faça com excelência o seu trabalho, assim, todos reconhecerão a resiliência e a força da sua marca.

Ateliê Urbano
atelieurbano@atelieurbano.com.br

Unir criatividade, técnica e inovação em seus projetos é o sonho de todo arquiteto, e quando o Ateliê Urbano nasceu em 2003 era esse o nosso objetivo. Hoje nos sentimos realizadas em ver que nosso trabalho nos fez conseguir algo ainda maior do que o objetivo inicial. Hoje realizamos sonhos.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.