A Educação Infantil e os espaços dentro da escola

É na educação infantil que as crianças começam a desenvolver muitas das habilidades sociais e educacionais que irão acompanha-las até a vida adulta. E claro, o espaço físico tem uma forte relação no desenvolvimento e aprendizagem da criança. Entretanto, não é um trabalho que ele faz sozinho. É a combinação das interações em sala de aula, a atuação dos educadores, apoio dos pais e também do espaço físico.

Os espaços da escola de educação infantil devem ser preparados para criança, respeitando o direito de construir a sua autonomia e identidade. Visto isso, preparamos esse texto para te explicar quais os ambientes mais importantes em uma escola de educação infantil. Bem como a estrutura interna de cada espaço e o por que.

Berçário e fraldário

As turmas mais iniciais da educação infantil, tem necessidades diferentes das crianças mais velhas. Portanto, é necessário que a sua escola tenha um espaço para o berçário e um fraldário.

Berçário

A parte do berçário, abrange as crianças de 4 meses a 2 anos. É o primeiro ambiente onde a criança começará a ter noções básicas. Ou seja, é lá que se inicia a construção da personalidade dos pequenos. Além de essencial, é um espaço que deve seguir alguns cuidados ao ser projetado. Ele precisa ser seguro e educativo. Por isso, evita-se o uso de móveis pontiagudos ou que não fiquem tão seguros no chão podendo cair, o piso não pode ser escorregadio nem gelado e os brinquedos devem ser adequados para essa idade.

Fraldário

Já o fraldário, aconselhamos a ser dentro da própria sala de aula, para facilitar tanto para os educadores como para a criança. Além disso, é um espaço que não pode faltar, para manter a higiene das crianças. O espaço precisa ser limpo, com trocadores e latas de lixo facilmente dispostas à disposição das berçaristas.

educação infantil

Berçário com fraldário ao fundo

Salas de aula para educação infantil

A sala de aula é o ambiente mais comum em uma escola e, claro, nunca pode faltar. É nela que os alunos tem a maior parte do contato com o aprendizado. Sendo assim, precisamos entender que o público que irá frequentar esse espaço são crianças que precisam ter fácil e seguro acesso a mesas, cadeiras e estantes. Isso é resolvido facilmente escolhendo o mobiliário adequado e na altura correta para crianças.

Além disso, a sala de aula pode ser de várias maneiras diferentes. Pode ser uma sala multiuso com divisórias retráteis, pode ter um solário individual, pode ser uma sala maker onde as crianças usam bastante a experimentação, entre outros. Nesse caso, o gestor escolhe o que atenderá melhor a sua necessidade de acordo com a demanda pedagógica da sua escola.

sala de educação indantil

Sala de aula infantil

A sala acima é de uma unidade da Maple Bear que projetamos. Essa sala infantil ilustra exatamente o que falamos acima. Os móveis tem alturas adequadas para as crianças, o quadro começa do chão para que elas também interajam durante as atividades, o material ne estante está em altura que elas alcançam com facilidade. Além disso, a janela também está localizada em uma altura maior para manter a segurança das crianças e não distraí-las no meio da aula.

Pátio externo e interno

Já quando falamos do lazer das crianças na escola, ele é sempre atrelado ao aprendizado. Por isso, tanto os pátios como um solário, são espaços onde elas vão brincar, socializar, desenvolver habilidades sozinha e aprimorar os seus sentidos.

Pátio externo

Para pátios externos, sempre colocamos algum aspecto de natureza. Seja grama sintética ou árvores para fazer sombra. O contato das crianças com a natureza é essencial para o aprendizado. Uma ideia que adoramos para pátios de educação infantil, é colocar uma hortinha. Dessa forma, as crianças além de brincar, conseguem aprender direto com a mão na massa. Abaixo, temos o exemplo de um pátio externo super amplo e que tem o combo completo: espaço de sobra, brinquedos e muito contato com a natureza.

Pátio externo com horta

Mas, o pátio externo não precisa ser um espaço grande e com tanta natureza. Como dissemos, sempre vai depender dos desejos e necessidades do gestor. Por exemplo, o espaço pode abrigar um brinquedão pra otimizar o espaço, pode ter áreas com areia para as crianças brincarem ou um espaço com água como na imagem abaixo.

Pátio externo temático

Pátio interno

Já o pátio interno, é uma ótima opção para cidades em que há mudanças climáticas bruscas. Pois, por possuir cobertura, os alunos conseguem usufruí-lo independentemente da época do ano. E, dessa forma, o aprendizado sensorial e através do lazer delas, não é prejudicado.

Assim como o pátio externo, o pátio interno também tem as suas variações. Entretanto, o que sempre gostamos de fazer, é incluir grama artificial em alguma parte do piso. Isso permite que as crianças brinquem livremente no chão e ainda tem a alusão de que estão brincando em uma grama real.

Pátio interno

Ateliê de artes

Outro lugar importante que as vezes deixam de lado, é um ateliê para aulas de arte. Através da arte, de pinturas, desenhos ou atividades lúdicas, as crianças conseguem, desde cedo, se expressar. Além disso, é uma forma de elas aprenderam que são livres e tem autonomia para criar, pensar e desenvolver habilidades.

Com isso, quando falamos da arquitetura desse espaço, é essencial que tenha espaço de armazenamento, mesas coletivas e uma pia, para lavarem as mãos quando necessário.

Sala de artes

Refeitório

Por último, mas não menos importante: o refeitório. Hoje em dia, muitas crianças fazem quase todas as refeições na escola, o que é uma grande preocupação dos pais, e fator decisivo na escolha dos móveis e cores por parte da escola. Este é um ambiente que deve refletir a preocupação com a saúde e com a alimentação dos alunos, por isso caprichamos bastante ao fazer um projeto de refeitório escolar.

Principalmente quando se trata de um infantil, é lá que as crianças aprendem com os colegas a conhecer novos alimentos, a compartilhar suas refeições, a se servir e conquistar sua autonomia. Adoramos fazer projetos de refeitórios dos mais diversos, pois cada ambiente é um universo diferente, tanto em relação ao tipo de escola (se é berçário, infantil, fundamental ou médio) como a identidade da mesma. E é muito legal poder entrar no universo da cada cliente e poder tornar real o seu desejo, sempre com muito planejamento, dedicação e criatividade!

Os comentários estão fechados.